quarta-feira, 23 de julho de 2014

Debate sobre trajetória da mulher negra no Brasil


Comunicado SPM-Rio de 22/07/2014 (D.O. Rio nº 87 de 23/07/2014 - folha de rosto e p. 74).
A Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres (SPM-Rio) realizará hoje, às 9h30, uma roda de conversa com o tema “Trajetória da Mulher Negra no Brasil”. O evento, que acontecerá na Praça Pio X, 119, 9º andar, Candelária, será em comemoração ao dia 25 de julho: “Dia Internacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha” e “Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra”. O Dia da Mulher Negra da América Latina e do Caribe foi criado em 1992, durante o 1º Encontro de Mulheres Negras de mais de 70 países, na República Dominicana. Esta data visa dar visibilidade e ressaltar a importância da luta pelo fim da opressão de gênero e raça. Em junho deste ano, a presidenta Dilma Roussef instaurou o Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra também no dia 25 de julho, reconhecendo nacionalmente a importância da data.
(Publicado no Ecoando n.º 43 - 2014)

SMTE oferece novas vagas no Pronatec


Comunicado SMTE de 22/07/2014 (D.O. Rio nº 87 de 23/07/2014 - p. 73).
A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho e Emprego (SMTE) e dos programas Pronatec Trabalhador e Pronatec Brasil Sem Miséria, abriu inscrições para novas vagas de cursos gratuitos para formação e qualificação profissional. Os cursos serão ministrados pelo Sistema "S" (Senai, Senac, Senat e Cetiqt), com início para o mês de julho, além do Colégio Pedro II, novo parceiro nos programas.
(Publicado no Ecoando n.º 43 - 2014)

Meio Ambiente elabora o Programa Municipal de Educação Ambiental


Comunicado SMAC de 22/07/2014 (D.O. Rio nº 87 de 23/07/2014 - folha de rosto e p. 71).
A Secretaria Municipal de Meio Ambiente, através do Centro de Educação Ambiental – CEA, inicia hoje o processo de elaboração do Programa Municipal de Educação Ambiental da Cidade do Rio de Janeiro – ProMEA-Rio, importante instrumento do sistema de gestão ambiental da prefeitura. O trabalho propõe a consolidação da Política de Educação Ambiental no Rio, de acordo com a Lei Municipal nº 4791/08, que Institui o Sistema de Educação Ambiental. A iniciativa leva à reflexão sobre as ações necessárias para promover as mudanças indispensáveis para a construção de uma sociedade mais justa em um ambiente mais saudável. Após a exposição da proposta, um texto base será apresentado em 14 workshops participativos, realizados nos seguintes pontos da cidade: São Cristóvão, Paquetá, Gávea, Botafogo, Maracanã, Ilha do Governador, Bonsucesso, Madureira, Pavuna, Méier, Barra da Tijuca, Freguesia, Campo Grande e Santa Cruz, e também estará disponível
na internet no site: www.promea-rio.com.br. Através do diálogo, da explicitação dos conflitos e das possibilidades de entendimento será possível estabelecer pactos e compromissos que irão orientar o trabalho dos educadores ambientais que atuam em diversas frentes, direcionadas a diferentes públicos, de forma articulada, e assim, garantir
que a dimensão ambiental seja sempre considerada na formulação e execução de políticas públicas.
(Publicado no Ecoando n.º 43 - 2014)

Cultura realiza workshop voltado para projetos na área da música


Comunicado SMC de 22/07/2014 (D.O. Rio nº 87 de 23/07/2014 - folha de rosto e p. 63).
A Secretaria Municipal de Cultura, em parceria com o Sebrae/RJ, vai promover o “Workshop Gestão de projetos para a cadeia produtiva da música”, em julho e agosto. A programação começa hoje no Centro Municipal de Referência da Música Carioca, na Tijuca. O workshop está dividido em quatro módulos: “Gestão de Carreiras”, “Redes Sociais”, “Elaboração de Projetos” e “Captação de Recursos”, oficinas que darão ferramentas para que os artistas da área musical gerem recursos para seus próprios trabalhos. O Público alvo são micro e pequenas empresas e empreendedores culturais da Cadeia Produtiva da Música do Estado do Rio de Janeiro com interesse em se capacitar, fortalecendo seus conhecimentos e fomentando suas atividades e sua lucratividade, tais como: músicos, produtores, empresários de loja de instrumentos, compositores, entre outros.
(Publicado no Ecoando n.º 43 - 2014)

Ação de conservação atende vias das zonas Norte e Oeste


Comunicado SECONSERVA de 22/07/2014 (D.O. Rio nº 87 de 23/07/2014 - p. 52).
A Secretaria de Conservação e Serviços Públicos realiza nesta semana ação de conservação em ruas das zonas Norte e Oeste da cidade. As equipes da Coordenadoria Geral de Conservação, Comlurb e Rioluz executam os serviços em trechos da Rua Ponto Chique, em Cordovil, e da Rua Olímpio Esteves, em Realengo.
(Publicado no Ecoando n.º 43 - 2014)

Banda da GM-Rio se apresenta hoje no Campo de Santana


Comunicado SEOP/GM-Rio de 22/07/2014 (D.O. Rio nº 87 de 23/07/2014 - folha de rosto e p. 49).
A Banda de Música da Guarda Municipal do Rio de Janeiro (GM-Rio) se apresenta hoje, no Campo de Santana, na Praça da República. O parque público localizado numa das regiões mais movimentadas do Centro conta agora com uma edição permanente do programa “Banda na Praça” e vai receber duas apresentações mensais dos músicos da Corporação, sempre às 12h. O projeto acontece em parceira com a Fundação Parques e Jardins e com a Secretaria
Municipal de Ordem Pública (SEOP).
(Publicado no Ecoando n.º 43 - 2014)

Galpão das Artes da Comlurb inaugura mostra de pinturas


Comunicado COMLURB de 22/07/2014 (D.O. Rio nº 87 de 23/07/2014 - folha de rosto).
A exposição “Mind the Gap!”, do carioca André Renaud, será inaugurada no Galpão das Artes Urbanas, na Gávea, amanhã, às 19 horas. Em suas obras, Renaud aponta para questões sociais, políticas e econômicas, sob a forma de obras que denotam precariedade, desequilíbrio e desordem. A mostra apresenta três momentos: Homens na Pista, Natureza morta e sua reprodutibilidade e Imessages, nos quais André reúne pinturas feitas a partir de fotografias de trabalhadores urbanos, como garis, empregados de companhias de gás, água e eletricidade, pessoal de obras e conservação do Rio. Ou retrata suas reflexões sobre fotografias de coisas jogadas fora, além do jogo de polaridade entre as imagens impressas e frases grafitadas sobre elas. O artista utiliza sempre o discurso do resgate da “arte do descarte”. A mostra fica em cartaz até o dia 5 de setembro.
(Publicado no Ecoando n.º 43 - 2014)